Análise Técnico-tática Ofensiva de Equipes Finalistas da Nba: Um Estudo de Caso

Por: , Júlio Cesar Schmitt Rocha, Leonardo de Oliveira Nicolazzi, Mauricio Camaroto, Michél Angillo Saad, Sérgio José Ibáñez e Vitor Ciampolini.

Revista da Educação Física - UEM - v.29 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

A coletividade do San Antonio Spurs (SAS) e o jogo liderado por três atletas do Miami Heat (MIA) marcaram as finais da NBA de 2014. O objetivo desta investigação foi analisar as ações ofensivas coletivas nestes jogos. Os indicadores de jogo foram obtidos por meio dos box-scores oficiais da NBA e a análise das ações de jogo foram coletadas por meio de uma versão adaptada do IAD-BB. Os indicadores de arremessos convertidos, assistências e pontuação total apresentaram associação significativa entre as equipes, onde a equipe do SAS apresentou escores superiores ao MIA. Enquanto que o SAS apresentou frequência absoluta superior de ataques com três a cinco e seis a oito passes, o MIA apresentou maior número de ataques com zero a dois passes. Identificou-se associação significativa das condições de arremesso entre as equipes, sendo superior o número de arremessos em condições facilitadas e livres para o SAS e arremessos em condições pressionadas para o MIA. Não houve associação significativa na eficácia dos arremessos. Acredita-se que o maior número de arremessos convertidos, assistências, pontuação total e a maior frequência de ataques com elevados números de passes podem ser considerados os fatores determinantes para o sucesso do SAS nos jogos investigados.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/35429

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.