Análise de Tendências Posturais em Praticantes de Balé Clássico

Por: Ana Beatriz da Fonseca Peroni, Camile Favretto, Caren Luciane Bernardi, Carlos Bolli Mota e Estele Caroline Welter Meereis.

Revista da Educação Física - UEM - v.22 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O balé clássico é uma arte que exige a repetição de movimentos técnicos que causam elevado estresse ao sistema musculoesquelético. Considerando que a postura corporal é influenciada pelas forças pelas quais está sujeita, a prática do balé pode favorecer a aquisição de tendências posturais. Dessa forma, o presente estudo buscou investigar a ocorrência de alterações posturais em bailarinas clássicas. O grupo foi composto por 10 bailarinas com mais de três anos de prática do balé clássico. Para a análise postural foi utilizado o método de fotogrametria computadorizada através do Software de Avaliação Postural. Verificou-se que existem tendências posturais no grupo de bailarinas estudadas, como anteversão pélvica e extensão de tronco e algumas tendências estão relacionadas ao maior tempo de prática, como tornozelos valgos. Observou-se que a análise postural é de grande importância nesta população, visto que a repetição dos movimentos do balé clássico pode gerar alterações posturais e lesões.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/9130/7440

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.