Animação Sócio-cultural no Lazer: a Ação do Animador na Perspectiva do Direito à Cultura

Por: Marcello Pereira Nunes.

98 páginas. 1995

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo, vinculado ao tema da dinamização do direito à cultura por praticantes de lazer, faz parte da linha de pesquisa denominada Formação e Ação do Profissional de Educação Física e Lazer. Os objetivos do estudo são identificar os princípios orientadores manifestados na pratica do animador e as concepções do profissional tendo como referencia seus procedimentos e abordagens. A pesquisa é do tipo descritiva, de natureza qualitativa, construída por profissionais de lazer que atuam diretamente com os praticantes. Foi utilizada a entrevista semi-estruturada para a coleta de dados, e foi elaborada e validada por especialistas uma matriz analítica nas perspectivas da democratização e da democracia do lazer, no que tange aos aspectos da cultura, da animação e do animador. Pelos resultados do estudo, concluiu-se que os animadores possuem: a) modos de comunicação vinculados a uma ação estratégica e unirreferente; b) estilos de abordagem centrados em relações técnicas instrumentais, psicologizantes e na escolarização; c) procedimentos adaptadores dos conteúdos técnicos de sua atividade, difundindo as instituições e os discursos culturais existentes. A ação educativa para o lazer se constitui em transmissora do conhecimento institucionalizado, adotando uma concepção de animação reforçadora do conservadorismo sociocultural contemporâneo, valorizando o conformismo cultural.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1262&listaDetalhes%5B%5D=1262&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.