Antidoping no Esporte Brasileiro

Por: Antonio Claudio Lucas da Nóbrega e Renata Rodrigues Teixeira de Castro.

Atlas do Esporte no Brasil.

Send to Kindle


Resumo

De acordo com a Agência Mundial Antidoping (World Anti-Doping Agency-WADA), a palavra inglesa ‘doping’ veio provavelmente da palavra holandesa ‘dop’, nome de uma bebida alcoólica feita com cascas de uvas usada pelos guerreiros Zulu para melhorar sua destreza em batalhas. O termo ‘doping’ tornou-se corrente no século XX, originalmente se referindo à administração de substâncias ilegais a cavalos de corrida. Posteriormente ‘doping’ passou a ter dois significados: (1) o uso de substâncias ou métodos proibidos, capazes de melhorar a performance durante competições esportivas e (2) o resultado desta ação. Embora a língua portuguesa tenha importado o termo ‘doping’ correntemente para ambos os sentidos, foi também desenvolvida uma nomenclatura técnica que consiste nos termos (1) ‘dopagem’ para o uso de substâncias ou métodos proibidos e (2) ‘doping’, para o resultado desta ação.

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.