Ao Som dos Palavrões e Nomes Feios: a Inserção das Crianças no Universo do Futebol Amador em Catingueira - Pb

Por: Antonio Luiz da Silva.

Esporte & Sociedade - v.10 - n.25 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Neste artigo parto de uma pesquisa feita em Catingueira – PB, na qual realizei observação participante às margens de um estádio de futebol amador. Enfatizo a importância desse esporte para a cultura local e nacional, indicando que ele não tem escapado às considerações de pensadores brasileiros. Mostro que o futebol catingueirense é masculinizado e adultocentrado, colocando os homens no centro e os meninos nas beiradas do gramado. Destaco os “palavrões e nomes feios”, prática masculina que não se constrange na presença das crianças nem dos adultos. Sem fazer juízos valorativos, reconheço-os tanto no futebol quanto em outros ambientes cotidianos. Dialogando com autores das ciências sociais e humanas, busco situar esse comportamento cotejando-o com a literatura temática especializada. Concluo que mesmo não se agarrando à moralidade e à polidez verbal ordinária, o campo de futebol se apresenta como relevante palco para a encenação do vivido, ocasionando às crianças e aos adultos leituras e aprendizados.
 

Endereço: http://www.uff.br/esportesociedade/index.html?ed=25

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.