Aplicação de Diferentes Métodos de Quantificação de Cargas Durante Uma Sessão de Treinamento de Karate

Por: Rafael Evangelista Pedro e Vinicius Flávio Milanez.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.18 - n.4 - 2012

Send to Kindle


Resumo

A percepção subjetiva de esforço (PSE) da sessão tem se destacado dentre os métodos de quantificação de cargas de treinamento (QCT) em algumas modalidades, sobretudo pelo seu baixo custo e fácil aplicabilidade. No entanto, não há relatos na literatura de sua aplicação na modalidade de karate. O objetivo deste estudo foi analisar a relação entre o método PSE da sessão com BanisterTRIMP, EdwardsTL, LuciaTRIMP, StagnoTRIMP e LacTRIMP. Para tanto, oito atletas de ambos os sexos (21,6 ± 5,5 anos; 58,8 ± 13,8kg; 170,0 ± 0,11cm) realizaram uma sessão de treinamento com monitoramento constante da frequência cardíaca (FC), coleta de amostras sanguíneas a cada 10 minutos e aferição da PSE através da escala CR-10, 30 minutos após o término do treinamento, para posterior cálculo dos impulsos de treinamento. Significantes correlações (P < 0,05) foram encontradas entre PSE da sessão e BanisterTRIMP (r = 0,79), EdwardTL (r = 0,81), LuciaTRIMP (r = 0,71), StagnoTRIMP (r = 0,71) e LacTRIMP (r = 0,91). Dessa forma, os resultados deste estudo sugerem a PSE da sessão como um método eficiente para a QCT em atletas de karate estilo shotokan.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000400012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.