Aplicações do Limiar Anaeróbio Determinado em Teste de Campo Para o Ciclismo: Comparação com Valores Obtidos em Laboratório

Por: Pedro Balikian Junior.

Motriz - v.2 - n.1 - 1996

Send to Kindle


Resumo

Os objetivos deste estudo foram: 1) Verificar a confiança de um protocolo elaborado para determinar a freqüência cardíaca (FC) e a velocidade correspondentes ao LAn (4mM de lactato sanguíneo), em teste de campo para ciclismo. Este protocolo foi constituído por 3x2400 m, respectivamente a 85, 90 e 95 % da velocidade máxima para a distância, com 20 min. de intervalo entre os tiros. Ao final de cada tiro foram coletados a FC e após 1, 3 e 5 min., foram coletados do lóbulo da orelha, sem hiperemia, 25 m l de sangue para a medição do lactato sangüíneo (T1); 2) Verificar a correlação entre o LAn, determinado a partir de teste contínuo-progressivo de laboratório (T2) e T1 com a performance em uma prova de ciclismo de 40 km contra-relógio (CR). 3) Verificar a sensibilidade e a correlação de T1 e T2 em avaliar os efeitos do treinamento aeróbio, realizado durante 12 semanas. A amostra foi composta por 12 ciclistas do sexo masculino (21,2 + 2,1 anos; 1,70 + 0,1 m; 59,8 + 2,9 kg). O teste e reteste apresentou correlação significante (r = 0,91; r = 0,95) respectivamente para a FC e a velocidade de LAn. A velocidade (r=0,96) e a carga (r=0,82) equivalentes ao LAn foram significantemente correlacionados com a velocidade média durante a prova CR. Na condição pós-treinamento, tanto a velocidade como a carga equivalentes ao LAn, foram significativamente maiores do que na condição pré-treinamento. Em conclusão, estes resultados sugerem que o LAn determinado em teste de campo, é um índice de referência que pode ser utilizado para: 1) prever a performance em provas de contra-relógio no ciclismo; 2) determinar os efeitos do treinamento aeróbio em ciclistas.

Endereço: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/02n1/V2n1_ART05.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.