Apoptose e Exercício Físico: Efeitos Sobre o Músculo Esquelético

Por: , José Alberto Ramos Duarte e Maria Alice Rostom de Mello.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.10 - n.1 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Esta breve revisão irá discutir uma nova e excitante área em ciências do exercício, conhecida como o papel da apoptose ou morte celular programada no exercício. A morte celular por apoptose difere morfológica e bioquimicamente da morte celular por necrose, embora ambas parecem ocorrer após o exercício. A ocorrência de apoptose acelerada tem sido relatada em uma grande variedade de doenças, tais como a AIDS e o mal de Alzheimer, bem como em problemas cardíacos relacionados com o envelhecimento. Por outro lado, falhas ao ativar essa regulação genética de morte celular pode resultar em câncer e em certas infecções virais. Aqui será discutido o fenômeno da apoptose, na musculatura esquelética, relacionado com o exercício físico, assim como a interação com a proteína HSP70. Nós especulamos que a apoptose induzida pelo exercício é um processo regulatório normal, que se torna útil no sentido de remover certas células lesadas com ausência de resposta infl amatória pronunciada, otimizando, assim, as funções do organismo.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2008v10n1p100

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.