Aprendizagem da Cultura Corporal: Um Processo Sócio-histórico

Por: Astrid Baecker Ávila e Vidalcir Ortigara.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O movimento enquanto atividade humana historicamente produzido, não é exclusivo da Educação Física, portanto está presente em todo o universo escolar, podendo ser tematizado por todas as áreas do conhecimento. Fica claro para nós, que a função da escola é fazer junto com os alunos a leitura da realidade, que os torne capaz de se perceber nesse contexto durante o processo da apropriação da cultura historicamente acumulada. Pois isto lhes permite engajarem-se em projetos coletivos por uma sociedade melhor e mais justa. Assim, cabe à Educação Física atuar no seu campo que não é o movimento de forma genérica, mas aquilo que identificamos como sendo a cultura corporal. Ésobre esse aspecto que a Educação Física fará a leitura da realidade, onde a forma dada ao conteúdoé tão dialética quantoo próprio fenômeno. Historicizando este fenômeno, revelando suas contradições e sem jamais perdera sua articulação com a totalidade é que permiteaos conteúdos a sua forma mais revolucionária, que é partir do concreto e voltara este para poder transformá-lo. Este trabalho trata sobre o processo ensino aprendizagem da Educação Física no enfoque materialista histórico a partir de Gramsci e Vygotsky.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.