Aprendizagem Docente

Por: Adriana Claudia Martins e Maria Cecília da Silva Camargo.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

Face ao reconhecimento dos estudos da especificidade da Aprendizagem da docência e do Desenvolvimento profissional de professores (DAY, 2001), os quais reconhecem que a aprendizagem profissional é estruturante e importante na perspectiva da qualificação da educação, surgem algumas indagações iniciais acerca da aprendizagem docente de professores em formação inicial do Curso de Licenciatura em Educação Física, as quais emergem deste contexto: o quê, com quem, quando e como aprendem os professores? Quais fatores inibem ou facilitam a aprendizagem profissional? Qual o papel dos formadores de professores, dos grupos de pesquisa, dos estágios e das residências pedagógicas nesta aprendizagem? Quais são as experiências significativas na aprendizagem? Que sentidos os professores atribuem ao seu processo de aprendizagem? Assim, a partir dessas interrogações, buscamos, neste estudo problematizar a aprendizagem profissional de professores de Educação Física. A direção e o sentido que os professores atribuem ao próprio processo de aprender a ser professor é um tema apresentado por Christopher Day (2001, p, 17) quando sublinha que os docentes “não podem ser formados (passivamente), eles formam-se (activamente). É, portanto, vital que participem activamente na tomada de decisões sobre o sentido e os processos da sua própria aprendizagem”. Aprendizagem que é interativa e dinâmica, construída de modo reflexivo e crítico sobre as atividades práticas, numa dimensão pessoal, social e profissional, em permanente interação social (NÓVOA, 1997). 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.