Apresentação

Por: , Ana Cristina Richter e Jaison José Bassani.

Cadernos de Formação RBCE - v.6 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Este número dos Cadernos de Formação RBCE, organizado na forma de dossiê, é parte integrante do Projeto “Educação e Infância: articulando saberes e ações de formação continuada de educação no trato com as questões do corpo em instituições de educação infantil” – financiado pelo Edital PROEXT MEC/SESu 2013/2014, de apoio à realização de atividades de extensão –, desenvolvido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisa Educação e Sociedade Contemporânea da Universidade Federal de Santa Catarina, e que tem por objetivo analisar as várias faces da relação entre infância, corpo e movimento como expressão de processos pedagógicos nas instituições educacionais considerando distintas perspectivas teórico-metodológicas, a pluralidade do nosso universo de formação e atuação profissional e a importância do diálogo entre a Educação Física e a Pedagogia. Essa perspectiva de aproximação entre Pedagogia e Educação Fí- sica vem se configurando desde a integração da Educação Infantil como primeira etapa da Educação Básica, favorecendo, entre outros aspectos, a revisão, a análise, a crítica e a reconstrução de concepções sobre a educa- ção infantil, a infância e as práticas pedagógicas que orientam a formação inicial e continuada de professores que atuam com crianças de zero a cinco anos. Esse movimento de verificação de limites e possibilidades e, portanto, de crítica, implica em uma ruptura com a visão da Educação Física como mera atividade, como passatempo, ou como tempo livre no qual os professores atuam como recreacionistas, reproduzindo propostas presentes em manuais, ou como momento específico de educação do corpo, especialmente no que se refere ao domínio de habilidades motoras, visando instrumentalizar o movimento e preparar as crianças para atividades consideradas mais importantes. 12 Cadernos de Formação RBCE, p. 11-13, mar. 2015 É no diálogo interdisciplinar com as Ciências Humanas e Sociais, com a Sociologia, a Psicologia, a Filosofia, que tal visão vem sendo revisitada pelas áreas da Pedagogia e da Educação Física, trazendo o corpo e suas expressões para o centro das reflexões pedagógicas, uma vez que se instituem como alvo do processo civilizador que, evidentemente, também ocorre nos distintos momentos vividos e nos diferentes espaços das instituições de atendimento à pequena infância, quando se atua, por exemplo, canalizando pulsões, retendo paixões e procurando funcionalizar desejos (VAZ, 2008). Da mesma forma, o diálogo interdisciplinar nos permite aprofundar a reflexão sobre as experiências que compõem nossa história pessoal e profissional e, com a mesma potência, sobre conceitos, imagens, concepções de corpo, de infância, de educação e de educação física que transpassam as nossas práticas pedagógicas. Desde esta perspectiva, o presente dossiê reúne textos que oferecem ao leitor uma, entre tantas outras possibilidades, de aproximar os campos da Pedagogia e da Educação Física – sem desconsiderar as especificidades deste último e o seu propósito de apresentar aos pequenos os elementos e movimentos que compreendem a cultura corporal historicamente desenvolvida pela humanidade. E, ao mesmo tempo, sem deixar de considerar um cotidiano educacional que se estrutura de modo complexo, atravessado por relações socioculturais de violência, como os preconceitos de raça, de sexo, os estereótipos de beleza, assim como castigos e ameaças que não raro conduzem as práticas dos ambientes educacionais. Os trabalhos nos oferecem profícuas leituras que partem de distintas perspectivas teóricas e que sugerem pontos de encontro e de confronto que contribuem para potencializar as reflexões sobre as práticas pedagó- gicas que ocorrem no cotidiano das creches e pré-escolas e para analisar as concepções que as acompanham de modo consciente ou inconsciente. De responsabilidade de seus autores, pedagogos, professores, pesquisadores da área da educação e da educação física, os textos que compõem o dossiê oferecem contribuições teórico-metodológicas para pensarmos a infância e sua educação e a formação inicial de professores, Cadernos de Formação RBCE, p. 11-13, mar. 2015 13 além de um relato de pesquisa e de relatos de experiência que visam a efetivação de uma trabalho coletivo frente ao compromisso com a aprendizagem e desenvolvimento e com as especificidades das crianças que frequentam a Educação Infantil.

Dra. Ana Cristina Richter Dr. Jaison José Bassani Dr. Alexandre Fernandez Vaz (Organizadores)

Florianópolis, março de 2015

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/cadernos/article/view/2076/1034

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.