Aptidão Aeróbia e Capacidade de Sprints Repetidos no Futebol: Comparação Entre as Posições

Por: Juliano Fernandes da Silva.

Motriz - v.15 - n.4 - 2009

Send to Kindle


O treinamento e a avaliação da aptidão física do jogador de futebol é fundamental para a melhora do rendimento. O objetivo deste estudo foi comparar valores de consumo máximo de oxigênio (VO2max), limiar, anaeróbio (LAn) intensidade associada ao VO2max (IVO2max), pico de velocidade (PV), ponto de deflexão da freqüência cardíaca (PDFC) e a capacidade de sprints repetidos (CSR) em jogadores de diferentes posições. Para tanto, 28 atletas futebol (17,9±1,0anos; 178,7±5,2cm; 73,6±6,7kg; 11,1±1,3%G) foram divididos em cinco posições: zagueiros, laterais, volantes, meias e atacantes. Utilizou-se um teste incremental em esteira para determinar o LAn, VO2max, IVO2max, e o TCAR para o PV e PDFC, além do teste de Bangsbo para avaliar a CSR (Tempo Médio, Melhor Tempo e Índice de Fadiga). A ANOVA foi utilizada para comparar as médias entre as posições. Não foi encontrada diferença significativa em nenhuma variável (VO2max, IVO2max, LAn, PV, PDFC, TM, MT, IF) quando se comparou os atletas das cinco posições. Isto pode ser atribuído ao fato de os atletas terem sido avaliados no início da temporada e pertencerem a categorias de base.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/3012/2603

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.