Aptidão Física do árbitro de Futebol Aplicando-se a Nova Bateria de Testes da Fifa

Por: .

Revista da Educação Física - UEM - v.16 - n.1 - 2005

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar o nível de aptidão física dos árbitros profissionais, utilizando-se a nova seqüência de testes físicos que compõem a bateria de testes da FIFA. A população deste estudo se constituiu de árbitros da Federação Paranaense de Futebol (FPF) que se apresentaram à Comissão de Avaliação Física da FPF, para submeterem-se às provas de aptidão física da temporada de 2005. A amostra foi constituída de 224 árbitros e correspondeu a 100% dos árbitros avaliados. A bateria-padrão de testes da FIFA é de: uma corrida de 12 minutos (teste de COOPER), dois piques de 50 metros e dois piques de 200 metros, sendo estes últimos aplicados de forma intercalada. A média obtida durante a corrida de 12 minutos foi de 2791 ± 182,31 metros. Os árbitros percorrerem 50 metros em 7,07 ± 0,41s e os piques de 200 metros em 30,38 ± 2,01 s. Os árbitros da região de Curitiba são os que apresentam o menor nível de preparação física no Paraná.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3403/2433

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.