Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivo descrever a aptidão física relacionada à saúde e os efeitos do crescimento e maturação sobre as variáveis analisadas, em crianças e adolescentes de escolas públicas municipais na cidade de Aracaju (SE). A amostra foi composta por 288 estudantes do ensino fundamental, dos quais 146 eram do sexo masculino e 142 do sexo feminino, com idades entre 10 e 14 anos. Foram observadas as variáveis: massa corporal, estatura, flexibilidade, força/resistência muscular localizada e capacidade aeróbia. Como procedimentos de análise de dados, utilizaram-se a estatística descritiva e teste t de Student para grupos independentes, utilizando-se nível de significância de 5% (p < 0,05). Os resultados evidenciaram baixas variações significativas quando comparados ambos os sexos, exceto aos 11, 12 e 13 anos de idade, com relação à resistência abdominal, aos 12 anos, com relação à força/resistência de braços e a capacidade aeróbia (VO2max) aos 10, 12 e 14 anos, todos em favor do sexo masculino. Com relação à interferência da maturação sexual, encontraram-se diferenças significativas somente na flexibilidade do sexo masculino e no VO2 max em ambos os sexos.


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2008v10n3p271

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.