Aptidão Física de Jovens Atletas do Sexo Masculino em Relação à Idade Cronológica e Estágio de Maturação Sexual

Por: Fabrício de Mello Vitor.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.22 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

A necessidade de considerar-se a influência do rescimento físico e da maturação biológica sobre a tidão física direcionou este estudo a dois objetivos: a) descrever o desenvolvimento dos componentes da aptidão física de ovens atletas do sexo masculino em grupos etários e estágios maturacionais diferentes; b) verificar o impacto da aturação biológica sobre a aptidão física em dois grupos etários ferentes. A amostra foi composta por 218 jovens atletas o sexo masculino subdivididos em dois grupos etários (Grupo = 12/13 anos; Grupo B = 14/16 anos). Foram realizados testes que envolvem a capacidade aeróbia, potência de embros inferiores e superiores, resistência muscular bdominal, velocidade de deslocamento, agilidade e flexibilidade. A aturação sexual foi realizada de acordo com o protocolo de TANNER (1962). Utilizou-se análise de variância a um ator a fim verificar diferenças entre os estágios de maturação sexual para cada grupo etário. Todos os componentes da ptidão física apresentaram valores crescentes entre os estágios de maturação sexual dos 12 aos 16 anos, com xceção da resistência muscular abdominal que manteve seus valores constantes no grupo de 12 a 13 anos. A maturação exual teve efeito significante na potência de membros superiores e inferiores, bem como na velocidade de eslocamento em ambos os grupos etários, na agilidade e flexibilidade para o grupo mais novo e na resistência uscular abdominal para o grupo mais velho. Conclui-se que, as capacidades motoras estudadas apresentaram evolução de cordo com a idade cronológica e nível de maturação biológica; acrescenta-se que a maturação biológica teve feito significante para ambos os grupos (12/13 anos, 4/16 anos) sobre a potência de membros inferiores, potência de membros superiores e velocidade de deslocamento.

Endereço: http://www.revistasusp.sibi.usp.br/pdf/rbefe/v22n2/v22n2a5.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.