Aptidão Física Relacionada à Saúde de Alunos do Ensino Fundamental do Município de Rio Grande, Rs, Brasil

Por: Samuel de Carvalho Dumith.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.14 - n.5 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Embora os benefícios da aptidão física sobre a saúde e prevenção de doenças estejam amplamente relatados na literatura, existem poucas investigações sobre esse tema, principalmente com crianças e adolescentes. Portanto, o objetivo do presente estudo foi analisar os componentes de aptidão física relacionada à saúde (AFRS) de acordo com características como sexo, idade, rede de ensino (pública ou privada) e área geográfica (rural ou urbana), em indivíduos de sete a 15 anos de idade. Os dados coletados fazem parte do Projeto Esporte Brasil (Proesp-BR), e os componentes de AFRS avaliados foram: índice de massa corporal (IMC), flexibilidade (teste de "sentar-e-alcançar"), resistência muscular localizada (RML) (teste de abdominal em um minuto) e capacidade aeróbia (teste de corrida de nove minutos). A amostra foi composta por 665 escolares do ensino fundamental do município de Rio Grande, Rio Grande do Sul (RS), selecionados de maneira aleatória. Para a comparação das médias das medidas e testes conforme as variáveis independentes, utilizou-se o método de regressão linear simples e multivariável. Dentre os principais achados, destaca-se que os componentes de AFRS estiveram mais associados com características biológicas (sexo e idade), sem diferenças expressivas por rede de ensino ou área geográfica da escola (indicadores de nível socioeconômico). Outros estudos são necessários para o estabelecimento de parâmetros de referência nacionais de AFRS de crianças e adolescentes.

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v14n5/11.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.