Aptidão Fisica Relacionada a Saúde dos Carteiros a Pé de Florianópolis

Por: e Mário Mecenas Pagani.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como propósito analisar o carteiro convencional a pé, objetivando verificar a aptidão física dos mesmos. Aamostra deste estudo foi composta por 28 carteiros, do sexo masculino, com média de idade de 31,62, ± 5,77 anos, sorteados aleatoriamente. As avaliações foram realizadas no laboratório de esforço físico da UFSC, no período de outubro a dezembro de 1998. Este estudo caracterizou-se como descritivo. Os resultados foram analisados através da estatística descritiva básica, onde verificou-se que este grupo caracteriza-se por sujeitos casados 59,46%, pertencentes a classe C (47,30%), tendo o II grau completo (63,51%) e a mediana do tempo de serviço de 31,50 meses. O nível da aptidão física geral deste grupo de trabalhadores, ficou classificado como moderado, necessitando ser incrementado na maioria das variáveis analisadas. OIMC, 23,14 kg/m2, e a proporção cintura/quadril - PC/Q, 0,85 cm. apresentaram valores dentro dos padrões. O percentual de gordura deste grupo foi de 14,42% e a flexibilidade de tronco e a resistência muscular apresentaram valores abaixo da média. O consumo máximo de oxigênio foi de 40,23, + 8,07 ml/kg/min. Com estes resultados conclui-se que mais atenção deve ser dada as atividades do carteiro, e que mudanças urgentes necessitam ocorrer para que esta atividade de trabalho continue a ser eficiente. Para isso, sugere-se a implantação de um programa de ginástica laborai e compensatória para amenizar os problemas advindos das atividades de trabalho, prevenindo o surgimento da DORT e reduzindo o absenteísmo, proporcionando mais saúde e disposição a estes trabalhadores.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.