Aptidão Funcional e Qualidade de Vida de Idosos Frequentadores de Uma Universidade Aberta da Maior Idade

Por: Elaine Caroline Boscatto, Lindomar Mineiro, Maicon Faccioni Mello e Ricelli Endrigo Rocha.

Revista da Educação Física - UEM - v.27 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desta pesquisa foi avaliar a aptidão funcional e a qualidade de vida de idosos participantes de uma Universidade Aberta da Maior Idade. A amostra foi composta de 189 idosas e 50 idosos. A aptidão funcional foi avaliada através do Sênior Fitness Test e a qualidade de vida através do questionário WHOQOL-OLD. Para as comparações realizadas entre os grupos foi utilizado o teste de Mann-Whitney para amostras independentes com nível significância de p<0,05. Os resultados mostraram que a aptidão funcional das idosas estava na média ou acima da média e os idosos abaixo da média na maioria dos testes. O escore de 66,16% mostrou que a amostra de idosos estava satisfeito com a qualidade de vida geral. Em conclusão, a amostra de idosos que participam da Universidade Aberta da Maior Idade apresenta aptidão funcional satisfatória e estão satisfeitos com a qualidade de vida.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/28553

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.