Arquitetura de Massas: o Caso dos Estádios Brasileiros

Por: Marcos Paulo Cereto.

322 páginas. 2004 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

sta dissertação estuda a arquitetura dos estádios com enfoque na produção brasileira do século XX, com destaque no período da revolução de Vargas ao fim do milagre econômico. Aborda a evolução tipológica dos estádios no mundo ocidental, com ênfase nas configurações do edifício como suporte para a prática esportiva, a partir de exemplos significativos de cada período. Identifica a ligação entre a produção brasileira com a produção européia, considerando as diversidades de uso e as características regionais que as diferenciam. Apresenta também os aspectos formais e programáticos e óticos como impositivos instrumentais de projeto do estádio e suas conseqüências no resultado edificado. Gera dessa maneira um ponto de partida para a fundamentação teórica necessária para o desenvolvimento de projetos de estádios, em especial nas relações formais entre o espaço dos atletas e do público.

Endereço: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/15856

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.