Arremesso de Medicine Ball Prediz Potência de Membro Superior em Jogadores de Rugby Sevens

Por: Camilo Luís Monteiro Lourenço, Edmar Lacerda Mendes, Gustavo Ribeiro da Mota, Hugo Ribeiro Zanetti, Jeffer Eidi Sasaki, Lucas Gonsalves Cruz e Marco Aurélio Ferreira de Jesus Leite.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.18 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se verificar a concordância e predição da potência muscular de membros superiores (PMS) a partir da distância do teste de Arremesso de Medicine Ball (AMB) em jogadores de rugby. Participaram do estudo 18 jogadores amadores de rugby (11 homens) os quais realizaram o teste AMB e o exercício de supino reto na barra guiada com acelerômetro Myotest® nas intensidades de 30%, 40%, 50% e 60% de 1RM. A regressão linear foi utilizada para derivar a equação de predição da potência a partir da distância no AMB. A análise de resíduo estimou o erro residual dos valores preditos, utilizando os valores obtidos pelo Myotest® como referência. O método leave-one-out foi adotado para aferir o erro da equação em subconjuntos da amostra. O modelo de Bland-Altman verificou a concordância entre potência predita pelo AMB e valores obtidos do Myotest® de forma absoluta Watts (W) e relativa à massa isenta de gordura (W/kg). Foram encontradas correlações significativas entre os métodos (r=0,834, 0872 e 0,854) para as intensidades de 30%, 40% e 50% de 1RM, respectivamente. O viés de medida na análise absoluta foi de -1,87 W (p<0,05). Na análise relativa, foi verificado o viés de 0,782 W/kg (p<0,05). Pode-se concluir que o teste de AMB possui alta concordância com os valores reais da PMS e também se verificou que a equação elaborada no estudo possui alta acurácia para predizer a PMS em jogadores de rugby de ambos os sexos.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2016v18n2p166

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.