As Aulas de Educação Física Como Um Espaço Preventivo: Possibilidades de Intervenção

Por: L. A. Romera e P. N. Castro.

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

O consumo de drogas se configura como uma prática milenar, humana e universal, sendo dissipado na sociedade por usos e finalidades diversas. As discussões sobre a temática são polêmicas, sendo o discurso midiático apresentado de modo acrítico, moralista e emocional que, incorporado ao senso comum, dissemina inverdades fantasiosas, equivocadas e preconceituosas muitas vezes também compartilhado nos ambientes educacionais. Sensível à realidade brasileira e às dificuldades enfrentadas na prevenção ao uso das drogas este estudo visa contribuir com questões e vivências no âmbito da prevenção de maneira coerente, justificável pelas demandas sociais, direcionando o olhar aos alunos da rede pública de ensino nas aulas de Educação Física no município de Cariacica, Espírito Santo (ES), pois o problema do uso abusivo de drogas, mais do que uma questão social, caracteriza-se como um problema de educação e saúde pública. De caráter qualitativo e abordagem sociológica, a metodologia utilizada foi a pesquisa participante envolvendo pesquisadora e grupo investigado num plano interventivo voltado para as aulas de Educação Física no ano de 2014 para alunos do nono ano. O plano consistiu em desenvolver aulas para além das habilidades corporais esportivas, ampliando as possibilidades e maneiras de desenvolvimento da temática, ressignificando olhares, ideias, escolhas e atitudes por meio de dinâmicas de grupo, rodas de conversa, jogos, debates, consciência corporal e social tendo como base a promoção e prevenção da saúde, fortalecimento das habilidades sociais e empoderamento do sujeito como uma forma de educação integral, contribuindo para a construção intelectual, cultural, autoavaliativa e reflexiva dos alunos. As atividades desenvolvidas junto aos escolares contribuem primeiramente para a sensibilização e responsabilidades das escolhas e possibilidades de vida que são criadas pelos indivíduos, potencializando a criticidade e o respeito para com a opinião do próximo. Os diálogos estabelecidos foram construtivos no sentido de desmitificar os muitos mitos construídos socialmente, sensibilizando e conscientizando o grupo discente sobre os possíveis caminhos a serem trilhados e construídos.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.