As Coalizões e os Partidos Políticos na Difusão do Programa Segundo Tempo

Por: Edmilson Santos dos Santo.

Licere - v.15 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo verificar se há relação entre a demanda pelo  Programa Segundo Tempo – PST – (no intervalo de 2005 a 2009) e o critério políticopartidário, quando a instituição proponente é o poder público municipal. Como critérios para análise, utilizaram-se as coalizões partidárias e os partidos políticos para três  cenários. O estudo aqui realizado permitiu verificar que ser da Coalizão Eleitoral  importa na distribuição do PST. Os resultados também permitem aludir que ser um  partido de esquerda também importa; pois todos os partidos, em suas coalizões,  demonstraram capacidades diferenciadas para fazer com que sua base estabelecesse convênio com o PST. Porém, a baixa adesão ao programa, por parte das prefeituras,  impõe uma flexibilização dessas assertivas.

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV15N03_a3.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.