As Concepções de Professor e Suas Influências Para a Formação Docente em Educação Física

Por: Rodrigo Roncato Marques Anes.

226 páginas. 2013 04/09/2013

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho está vinculado à linha de pesquisa Formação, Profissionalização Docente e Práticas educativas e se insere como parte dos trabalhos desenvolvidos pela Redecentro – Rede de pesquisadores sobre professores (as) na Região Centro-Oeste. O trabalho pautou-se pelo método materialismo histórico dialético, tratou do tema concepção de professor, e como objetivo buscou analisar as concepções de professor apresentadas e divulgadas nas produções acadêmicas em Educação (dissertações e teses) que tratam sobre o professor de Educação Física, produzidas no período de 1999 a 2007, para compreender se e quais significados produzem para a função social docente nessa área. Trata-se de um estado do conhecimento sobre as produções acadêmicas que tratam do professor da Região Centro-Oeste. Os objetivos específicos foram: compreender os ideários pedagógicos e como se apresentam nas produções na área da Educação; analisar o atual contexto da formação de professores e de professores de Educação Física no Brasil, e os direcionamentos políticos e ideológicos para a função social docente; investigar, no banco de dados da Redecentro, as produções sobre o professor de Educação Física e analisar as concepções de professor por elas apresentadas; compreender, por meio da análise dos dados selecionados e coletados, os significados atribuídos à função social do professor e seus reflexos na área da Educação Física. A pesquisa se caracteriza como bibliográfica e se estruturou por meio de uma abordagem qualitativa. A construção teórica teve como suporte autores de base crítica da área da Educação e da Educação Física, para compreender o professor e suas concepções, na história e na contemporaneidade O processo de seleção dos dados empíricos partiu dos 492 trabalhos defendidos entre os anos de 1999 e 2007 e analisados pela Redecentro nas suas três primeiras fases de pesquisa. Desse quantitativo, a partir do recorte estabelecido, chegamos a oito produções que têm como foco o professor de Educação Física. A análise das informações coletadas teve como ponto de partida a compreensão geral das produções (como se estruturam, organizam-se e se fundamentam) e, em seguida, a partir das categorias de análise Ideário Pedagógico (Concepção de Professor e Função Social Docente) e Trabalho Docente, buscou evidenciar os conceitos suscitados pelas pesquisas e os significados que apresentam da função social do professor de Educação Física. A pesquisa nos possibilitou compreender que a concepção de professor mais evidente está relacionada a uma perspectiva crítica e orientada pelo ideário materialista histórico dialético; no entanto, tal concepção só é bem defendida e explicitada por aqueles trabalhos que melhor conseguem demonstrar a articulação teórico-metodológica e uma clara filiação epistemológica, especialmente ao método materialista-dialético. Ficou evidenciado que a ausência do método em algumas pesquisas compromete a apresentação de suas perspectivas teóricas, fragiliza a explicitação de seus posicionamentos políticos e seus discursos sobre o trabalho docente, e, como consequência, acabam não sustentando teoricamente uma concepção crítica de professor de Educação Física.

Endereço: https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3446

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.