As Crenças de Universitários Formandos de Um Curso de Educação Física ? Bacharelado, Sobre o Ensino dos Esportes

Por: Ana Flávia Backes, Filipy Kuhn, Jeferson Rodrigues de Souza, Matheus da Lapa Costa, e .

Motrivivência - v.30 - n.54 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo foi analisar as crenças de universitários do último ano de curso de graduação em Educação Física - Bacharelado, sobre os conteúdos e estratégias de ensino dos esportes. Realizou-se pesquisa qualitativa, com estudo de casos múltiplos de 5 universitários. A coleta dos dados ocorreu através de roteiros de entrevista semiestruturada e procedimento de estimulação de memória. Os dados foram analisados através de análise de conteúdo, com categorias estabelecidas a priori. Os resultados indicaram que algumas crenças permaneceram estáveis ao fim do curso:  A aula deve ser motivadora; a fragmentação dos conteúdos facilita a aprendizagem; as tarefas sintéticas são motivadoras; os conteúdos técnicos são essenciais para o esporte. Surgiram novos entendimentos sobre a utilização das tarefas sintéticas e o uso das formas jogadas. Conclui-se que as experiências diretas de prática de ensino e o engajamento dos sujeitos em contexto formal foram fontes importantes de aprendizagens sobre como ensinar.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2018v30n54p210

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.