As Diferentes Interfaces da Aventura na Natureza : Reflexões Sobre a Sociabilidade na Vida Contemporanea

Por: .

2006 10/11/2006

Send to Kindle


Resumo

O lazer está sendo entendido como um interessante ponto de partida para aguçar a compreensão das mais variadas relações que se estabelecem entre os seres humanos, desde que não seja considerado de forma isolada, mas em profunda conexão com outras esferas da vida humana. O surgimento de novas tecnologias, criadoras de novas possibilidades no lazer, conduzem-nos a um repensar sobre os significados de proximidade, distância, individualidade, sociabilidade, mobilidade, errância, realidade, ficção, meio ambiente e aventura. Nesta perspectiva, o objetivo deste estudo é investigar a idéia de aventura inserida nas atividades realizadas na natureza, refletindo por que este é um termo tão utilizado na contemporaneidade. Esta pesquisa refere-se a uma investigação na área de estudos do lazer, a qual privilegia o enfoque da "razão sensível", enfatizando uma sinergia entre a razão e o sensível, no sentido de potencializar o afeto e o emocional a se tomarem ferramentas metodológicas servindo à reflexão epistemológica e auxiliando na compreensão dos múltiplos fenômenos sociais. Portanto, este estudo constitui-se em uma pesquisa qualitativa, cuja abordagem trabalha com um universo de motivos, aspirações, valores, crenças e atitudes, correspondendo a um espaço mais profundo dos processos, relações e fenômenos, os quais não podem ser reduzidos à operacionalização de variáveis. As fundamentações conceituais sobre a temática abordada foram buscadas, principalmente,junto à Sociologia, Educação Física e Antropologia, áreas estas as quais, conjuntamente, contribuem e sustentam as discussões estabelecidas. Este estudo foi desenvolvido concomitantemente por meio de duas pesquisas complementares: bibliográfica e de campo. Por meio da pesquisa de campo, baseada em dois instrumentos (entrevista semi-estruturada e observação participante) foram investigados: os motivos que fazem as pessoas se deslocarem para ir ao encontro das atividades de aventura na natureza; bem como, seus gostos, comportamentos, valores, etc; as formas de envolvimento dos praticantes com tais práticas e como se dá a interação entre os grupos de praticantes; como se estabelecem as relações das atividades de aventura na natureza com o cotidiano urbano, no trabalho, na família, etc. Todas estas investigações estão atreladas ao interesse principal: como os praticantes percebem a aventura e a natureza. O fio condutor deste trabalho é o levantamento de elementos que, possivelmente, estão presentes nas atividades investigadas para que sejam consideradas aventuras pelos praticantes. ... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000401430&opt=1

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.