As Dimensões do Lazer no Tempo: a Configuração dos Parques na Cidade de São Paulo

Por: Hennan Gessi.

Licere - v.19 - n.3 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Diversos interesses e conflitos estão presentes na organização do lazer no decorrer do tempo, da regulamentação do direito ao lazer à conformação de estruturas adequadas para o desfrute da população, do efeito regenerativo sobre o trabalhador, a exploração de seu potencial econômico diante do surgimento da indústria do lazer e o incentivo ao consumo. Sendo assim, visando compreender as dimensões do lazer no tempo, o artigo inicialmente abordará sobre a construção do conceito de lazer, expondo as formulações elaboradas por estudiosos do campo. Analisado o conceito de lazer, refletiremos sobre a relação entre lazer, espaço e tempo, tendo como base o processo de implantação dos parques na cidade de São Paulo no contexto de sua expansão urbana, salientando, especialmente, a influência europeia e norte-americana no que tange aos distintos modelos surgidos na capital paulista.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/2947

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.