As Manifestações Sociais Como Contratendência Ao Espetáculo Olímpico de Entretenimento Planetário

Por: , Evelize Dorneles Minuzzi e Giovanni Ernst Frizzo.

Motrivivência - v.25 - n.41 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Este artigo tem como foco as manifestações sociais ocorridas durante os Jogos Olímpicos a partir do ano de 1992, por meio da cobertura jornalística realizada pela “Folha de S. Paulo”. Lançando mão da análise de conteúdo, identificamos que, de modo geral, as manifestações sociais surgem como uma resposta de resistência às decisões do Estado, relacionadas à meta de cidade global, requisito do COI para sediar e organizar o espetáculo olímpico de entretenimento. E, de forma particular, se configuram como oposição aos impactos sociais, que intervêm no dia-a-dia da classe trabalhadora do país-sede.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/31243

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.