As Mulheres Como Autoras: Produção e Circulação do Conhecimento Sobre Educação Física em Impressos Capixabas (1932?1936)

Por: Marcela Bruschi e Omar Schneider.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.41 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Este estudo investiga a sistematização de saberes sobre a educação física em forma de monografias, escritas por alunas da EsEFES e publicadas em impressos locais entre 1933 e 1936. Usa os conceitos estratégia e tática para dar a ver as lutas de representação sobre os saberes autorizados da educação física e opera com o paradigma indiciário na análise das fontes. Trabalha, como fontes, com o Arquivo Permanente do Cefd/Ufes, o Diário da Manhã e a Revista de Educação. As monografias publicadas revelam as práticas discursivas autorizadas na EsEFES. A reprodução dos saberes é vista como uma tática empregada por professoras, que buscaram, dentro de um espaço dominado pelos homens, obter capital simbólico para se tornar autoridades em educação física no Espírito Santo.

Endereço: http://www.rbceonline.org.br/es-as-mulheres-como-autoras-producao-articulo-S0101328917301385

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.