As Mulheres Professoras, as Meninas Leitoras e o Menino Leitor: a IniciaÇÃo no Universo da Escrita no Patriarcalismo Rural Brasileiro. Uma Leitura a Partir de InfÂncia de Graciliano Ramos

Por: Ana Lúcia Guedes Pinto.

Cadernos Cedes - n.63 - 2004

Send to Kindle


Resumo

Propomo-nos, neste trabalho, a realizar, com base na obra Infância de Graciliano Ramos, uma análise da participação da mulher no processo de iniciação escritural das crianças, nas primeiras décadas do século XX, no nordeste brasileiro. A despeito do lugar ocupado pela mulher no patriarcalismo rural, sua presença mostra-se expressiva na multiplicidade de modelos de escolarização, seja na esfera pública ou na esfera doméstica, herdados do século XIX. Trabalhando nas interfaces entre a história cultural, a antropologia, a sociologia e os estudos da linguagem, pretendemos focalizar tanto os espaços e as práticas em que as crianças eram iniciadas na aprendizagem da leitura e da escrita por suas professoras, familiares e amigas quanto os significados de que se revestiam, para essas mulheres e crianças, as tarefas relativas ao ensino. Palavras-chave: Leitura. Escrita. Letramento. Práticas escolares e não-escolares.

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.