As Perspectivas dos Estudantes do 1º Ano do Ensino Médio Sobre os Jogos de Oposição nas Aulas de Educação Física

Por: Greyce Any Sousa Mateus, e Tyronne Lemos Maia.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO 

A luta faz parte dos conteúdos da educação física (EF), pois é conhecimento integrado a cultura corporal de movimento. A luta pode ser definida como uma: “Prática corporal imprevisível, caracterizada por determinado estado de contato, que possibilita a duas ou mais pessoas se enfrentarem numa constante troca de ações ofensivas e/ou defensivas, regida por regras, com o objetivo mútuo sobre um alvo móvel personificado no oponente.” (GOMES, 2008, p. 49). No âmbito escolar, ainda há negligência sobre alguns conteúdos, seja por insegurança ou por desconhecimento sobre o assunto. Esse cenário é muito forte no que diz respeito ao ensino das lutas, como evidenciado no estudo de Ferreira (2006). Desta forma, este estudo problematiza o uso dos jogos de oposição verificando as possíveis contribuições dos mesmos para o ensino e aprendizagem dos estudantes sobre as lutas nas aulas de EF. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.