As Relações Entre Corpo e Trabalho: Contribuição Crítica à Educação

Por: Carlos Herold Junior.

2006 08/12/2006

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo é analisar as relações entre corpo e trabalho para fundamentar algumas possibilidades para colaborar com as questões educativas. Para tanto, dividimos o estudo em cinco partes: na primeira, mostramos como as relações entre corpo e trabalho são vistas nas áreas de Trabalho e Educação e Educação Física; no segundo capítulo, fazemos um levantamento sobre as críticas e defesas que a categoria trabalho recebe na atualidade para o entendimento das transformações na sociedade, além de notarmos a forma como a modernidade pensa as questões do corpo a partir das questões do trabalho. No terceiro capítulo, mostramos as diferentes representações do corpo no trabalho a partir do capitalismo industrial chegando na atualidade, que funde os estudos do corpo com os da inteligência. Na quarta parte, defendemos que tanto o estudo do corpo no trabalho, quanto à análise do corpo a partir das problemáticas do trabalho, devem ser feitas conjuntamente para oferecem um processo mútuo de aprofundamento de abordagens. Por fim, sustentamos que a inseparabilidade das questões antropológicas e sociológicas do corpo das questões epistemológicas, proporcionadas pela categoria trabalho, deve impulsionar a elaboração de mais estudos focados sobre os projetos educativos, a corporeidade e as transformações no mundo do trabalho.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.