As Relações Jocosas Futebolísticas: Futebol, Sociabilidade e Conflito no Brasil

Por: Édison Luis Gastaldo.

Mana. Estudos de Antropologia Social - v.16 - n.2 - 2010

Send to Kindle


Resumo

Introdução O objetivo deste artigo é o de explorar elementos de um fenômeno social particularmente intenso no Brasil, que denomino “relações jocosas futebolísticas” (Gastaldo 2005a). Trata-se de formas lúdicas de interação social mediadas pelo futebol, na forma de provocações, sátiras, pilhérias, desafios ou apostas, isto é, “jogos” paralelos aos jogos de futebol propriamente ditos. Em geral, tais relações ocorrem entre participantes afetivamente vinculados a equipes adversárias, e a jocosidade é manifesta em situações públicas. A pesquisa foi realizada a partir de trabalho de campo etnográfico em bares da cidade do Rio de Janeiro onde são transmitidas partidas de futebol pela televisão. Este artigo é uma produção relativa à pesquisa “Futebol, sociabilidade e conflito no Brasil”, financiada pelo CNPq com bolsa de pósdoutorado sênior (PDS), e executada no Museu Nacional, sob a supervisão do Prof. Dr. Gilberto Velho. 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-93132010000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.