As Representações Sociais de Corpo a Partir de Discursos de Mestrandas em Educação Física

Por: .

190 páginas. 2012 20/06/2012

Send to Kindle


Resumo

A presente pesquisa objetivou analisar representações sociais sobre corpo no imaginário de mestrandas vinculadas a programas de pós-graduação stricto-sensu em educação física, de universidades públicas do Estado do Paraná. Tomando o corpo como objeto de estudo, entendemos que os sentidos a ele atribuídos são sínteses de dimensões da formação do profissional de educação física e de representações que circulam no imaginário social. A teoria das representações sociais, proposta por Moscovici (2005), proporcionou as condições teóricas básicas para que se compreendesse o objeto investigativo, e a técnica de análise do discurso, de Orlandi (1996), possibilitou o tratamento dos dados coletados por meio de entrevista semi-estruturada realizada junto a treze mestrandas vinculadas aos programas que integram a pesquisa. Construiu-se como núcleo central da representação um corpo funcional pautado na saúde e, como sistema periférico, os seguintes aspectos: a) saúde relacionado com funcionalidade corporal, hábitos saudáveis e atividade física; b) formação continuada, relação entre a graduação e a pós-graduação; c) intervenção profissional orientada pelo campo da academia de ginástica; d) deslocamento dos sentidos instituídos sobre o papel social do personal trainer; e) corpo desejo/sonho. Os resultados da pesquisa mostram que as representações de corpo das mestrandas continuam apoiadas nas relações cotidianas e nos discursos que estão imbricados na e pela sociedade, na qual o corpo perfeito "magro e/ou moldado/sarado" continua sendo o padrão social de beleza.

Endereço: http://nou-rau.uem.br/nou-rau/document/?code=vtls000205458

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.