As tradições Varzeanas nos times de Camisa: Notas Etnográficas Sobre a Circulação de Jogadores Num Circuito de Lazer da Cidade de Porto Alegre

Por: .

Licere - v.18 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O trabalho está vinculado a um debate acadêmico sobre a diversidade cultural das práticas esportivas, especialmente quando isso é tratado na interface com os estudos do lazer. Nesse contexto, apresento um conjunto de questões na expectativa de problematizar a noção de ‘time’ quando ela é tomada na perspectiva de um ‘circuito urbano de lazer’ denominado de ‘municipal da várzea’, desenvolvido na cidade de Porto Alegre. Ao longo do texto, trazendo a experiência de uma pesquisa etnográfica multilocalizada e um estranhamento em torno dos ‘times de camisa’, procuro analisar invenções sociais que não denotam a tradição dos ‘clubes esportivos’, mas que se materializam ‘nos times’ e conferem sentido ao pertencimento e à circulação dos jogadores. Essas ‘outras tradições’, aqui tomadas como lugares-personagens, são os ‘conhecidos do futebol’, os ‘grupos-famílias’, as ‘diretorias’ e os ‘diferenciados’. Tais ‘tradições varzeanas’ ajudaram a compreender ‘os times’ como justaposições de distintas mobilizações, materializando uma infinidade de arranjos de lugares-personagens.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/1082

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.