Aspectos Clínicos do Alongamento: Uma Revisão de Literatura

Por: A. P. Marques, A. S. Maluf e J. L. R. Rosário.

Revista Brasileira de Fisioterapia - n.1 - 2004

Send to Kindle


Resumo

Embora os exercícios de alongamento sejam muito usados na Fisioterapia para corrigir ou prevenir desvios posturais, a literatura apresenta alguns pontos controversos. Foi realizada uma revisão de literatura com o objetivo de organizar e discutir as publicações mais recentes sobre alongamento quanto ao tipo, ao ganho de sarcômeros e viscoelasticidade, ao tempo de duração, à prevenção de lesões e à influência na postura. Foi possível concluir que as melhores opções são o alongamento estático segmentar, o global e a facilitação proprioceptiva neuromuscular; como efeito imediato do alongamento, o ganho de amplitude de movimento se deve à diminuição da viscoelasticidade, mas após um período de treinamento, deve-se ao ganho de sarcômeros em série; para alongamentos estáticos segmentares de curta duração em músculos saudáveis, o tempo ideal de alongamento está em torno de 30 segundos; e, segundo os estudos, o alongamento feito antes de uma atividade não previne lesões. Há muitas divergências nos resultados dos diferentes estudos, o que sugere a necessidade de padronização nas metodologias de futuros estudos. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.