Aspectos da Educação Física, Esporte e Cinema nos Domínios da Indústria Cultural

Por: e .

Lecturas en Educación Física y Deportes - n.80 - 2005

Send to Kindle


Resumo

1. Indústria cultural e as implicações do cinema

   O cinema pode ser compreendido por meio de duas dimensões: cinema enquanto um produto e constituinte da Indústria Cultural e o cinema enquanto arte. Mas, o que significa considerar o cinema enquantoproduto e constituinte da Indústria Cultural? Para respondermos a esta pergunta refletiremos alguns elementos do conceito de Indústria Cultural tal qual encontramos na obra de ADORNO & HORKHEIMER (1985).

   Primeiramente, para ADORNO, a divisão entre cultura popular e cultura de massa ou cultura feita para e pela massa, serviu talvez, para evitar maiores confusões entre estes diferentes elementos da cultura. É preciso deixar claro que as críticas de Adorno não recaem somente sobre a cultura de massa, mas também sobre a de elite, pois as duas continham e contém elementos da barbárie. A partir de uma determinada cultura, para as massas, que ADORNO desenvolve o conceito de Indústria Cultural.

   A Indústria Cultural tem como característica a padronização de seus produtos, quase sempre idênticos, oferecidos à massa de consumidores com a função de padronizar os gostos, gestos, olhares, toques, sons etc. As variações que inusitadamente podem surgir nos produtos, ou na técnica de sua reprodução ou mesmo no conteúdo destes dois, são somente aparentes. Para ADORNO E HORKHEIMER (1985), a cultura e a arte entram num processo de produção de massa que permite sua repetição incessante, como no filme A Tempestade do Século, onde a principal idéia é de que o inferno é a eterna repetição incessante.

Endereço: http://www.efdeportes.com/efd80/cinema.htm

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.