Aspectos Fisiológicos e Metodológicos do Condicionamento Físico na Promoção da Saúde

Por: Walace David Monteiro.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.1 - n.3 - 1996

Send to Kindle


Resumo

Está bem estabelecido na literatura que a prática sistemática da atividade física desempe­nha um papel de grande importância para a saú­de. Neste contexto, a manutenção de níveis ade­quados de aptidão física constitui um. dos princi­pais objetivos de qualquer programa de condicio­namento físico. Embora exista uma dificuldade de encontrar uma definição de aptidão física que seja aceita universalmente, observa-se um consenso quanto ao fato de que alguns de seus componen­tes estão associados à saúde. O objetivo do pre­sente estudo é abordar os aspectos fisiológicos e metodológicos que envolvem a prescrição do con­dicionamento físico, norteados pelos principais componentes da aptidão física relacionada à saú­de. Para tanto, serão abordados o condicionamen­to da aptidão cardiorrespiratória, expresso pelo consumo máximo de oxigênio (V02 máx.), e o con­dicionamento de força muscular e flexibilidade. Procurou-se realizar, neste estudo, uma interface entre os aspectos fisiológicos e metodológicos que freqüentemente estão presentes na prática dos pro­fissionais que lidam com os programas de ativi­dade física voltados para a promoção da saúde.

Endereço: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/RBAFS/article/view/503

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2017 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.