Assimetrias Laterais no Desempenho de Habilidades Motoras Relacionadas Ao Futebol

Por: .

Kinesis - n.20 - 1998

Send to Kindle


Resumo

Assimetrias laterais em habilidades motoras relacionadas ao futebol foram estudadas em adolescentes de ambos os sexos, entre 12 e 16 anos de idade. As tarefas empregadas consistiram em (a) conduzir uma bola de futebol entre dardos separados por 1,5 m de distância o mais rapidamente possível, (b) chutar a bola para atingir um alvo fixo à seis metros de distância, e (c) chutar a bola com máxima potência a fim de que ela atingisse a maior distância possível em seu vôo. Os resultados da análise descritiva e inferencial mostraram superioridade global no desempenho com a perna dominante sobre o desempenho com a perna não-dominante e do grupo masculino sobre o grupo feminino, exceto para as idades de 12-13 anos na tarefa de chute de potência. Valores de correlação significativos entre desempenhos com as pernas dominante e não-dominante sugerem que a melhoria de desempenho com a perna dominante é compartilhada em certa medida com a perna não-dominante. Uma vez que a distribuição dos índices de assimetria foi diferente para cada tarefa motora, e que esses índices não estiveram correlacionados, foi evidenciado que as assimetrias laterais observadas são específicas à tarefa. De forma geral, esses achados sugerem o caráter dinâmico e não-determinístico do desenvolvimento da lateralidade humana em tarefas motoras complexas.

Endereço: http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/kinesis/article/view/8150

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.