Assimetrias na Participação Desportiva: os Casos de Portugal e Espanha no Contexto Europeu

Por: Salomé Marivoet.

Movimento - v.9 - n.2 - 2003

Send to Kindle


Resumo

as estatísticas sobre a participação desportiva têm vindo a revelar claras assimetrias entre os países europeus. As taxas de participação desportiva são bastante mais elevadas nos países do Norte do que nos do Sul. Nos países do Norte encontra-se uma maior paridade entre a participação masculina e feminina, um envolvimento mais elevado dos jovens no desporto, e a diminuição da prática desportiva ao longo da vida é menos acentuada. Contrariamente, nos países do Sul, a participação feminina é mais fraca e mais distante da dos homens, o envolvimento dos jovens é menor, e a diminuição da prática desportiva ao longo da vida mais acentuada. Com base no caso de Portugal e Espanha, o artigo pretende demonstrar que estas assimetrias resultam dos valores de cultura física e desportiva enraizados nos hábitos da população, assim como características socioeconômicas e políticas de cada país.

Endereço: http://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/2809/1424

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.