Associação do Sexo, Rede de Ensino e Turno Escolar com os Níveis de Intensidade das Atividades Diárias de Crianças Medidos Por Acelerometria

Por: Edmar Lacerda Mendes, Fernanda Ribeiro Nascimento, Isabella Toledo Caetano, Maicon Rodrigues Albuquerque e .

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.39 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve o objetivo de analisar as atividades físicas (AF) de crianças em relação às recomendações de AF (RAF) e as influências do sexo, rede de ensino e turno escolar. Foram avaliados 101 escolares de escolas públicas e privadas e turnos matutino e vespertino. Os dados foram coletados por acelerômetros durante três dias. Foi usado Teste t Student para as comparações entre o sexo, rede de ensino e turno escolar (p < 0,05). O tempo em atendimento às RAF em minutos por dia foram: Sexo: masculino = 171,01 ± 43,35 e feminino = 198,85 ± 53,47; rede de ensino: pública = 198,93 ± 48,85 e privada = 157,32 ± 40,34; turno escolar: matutino = 198,76 ± 47,64 e vespertino = 167,68 ± 47,75. O sexo femino, a escola pública e o turno matutino apresentaram maior nível de AF.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0101-32892017000300299&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.