Associação Entre Aptidão Física e Desempenho Técnico em Atletas Profissionais de Futsal Durante Jogos Oficiais

Por: Gabriela Barreto David.

100 páginas. 2016 19/07/2016

Send to Kindle


Resumo

Futsal caracteriza-se por um esporte intermitente de alta intensidade que exige dos atletas elevados padrões físicos, técnicos e táticos para a execução das ações de jogo. Apesar dos aspectos técnicos e físicos serem reconhecidamente importantes para o resultado do jogo, poucos estudos investigaram a associação entre estas duas características em jogadores de futsal. Assim, o presente estudo teve como objetivo investigar a associação entre aptidão física e desempenho técnico de atletas profissionais de futsal, além de verificar a associação entre ações técnicas com o resultado de partidas durante o campeonato estadual do Rio Grande do Sul (RS) no ano de 2015. A amostra foi composta por 16 atletas de futsal que disputaram a Série Ouro em 2015. A análise do desempenho técnico foi realizada através de scouts individuais de todos os jogos, considerando as variáveis: passes (certos e errados, absolutos e percentuais), finalizações, desarmes, interceptações e bolas perdidas, divididos em dois momentos no campeonato. A aptidão física foi avaliada a partir de testes de agilidade, potência muscular de membros inferiores, potência anaeróbia e potência aeróbia nos meses de abril e setembro. Para associação entre a aptidão física e o desempenho técnico foi utilizada correlação de Pearson e para associação entre o desempenho técnico e o resultado final das partidas foi realizada correlação de Spearman, além de ANOVA de um fator para comparação das médias de desempenho técnico entre os resultados de vitória, empate e derrota. As variáveis foram analisadas pelo software Stata 13.0 e SPSS 20.0, e foi considerado o índice de significância α = 0,05. Potências aeróbia e anaeróbia somente não apresentaram associação significativa com número de finalizações, independente do momento e indicaram que melhores resultados nos testes se mostraram associados com melhor desempenho técnico. Agilidade apresentou associação significativa no segundo momento de avaliação com percentual de passe certo (r = -0,637, p = 0,026), indicando que menor tempo no teste de agilidade esteve associado com melhor desempenho técnico na variável em questão. O resultado final das partidas apresentou correlações negativas e significativas com passe errado (rho = -0,72, p < 0,001) e bola perdida (rho = -0,51, p = 0,019), indicando que quando mais passes errados e bolas perdidas foram realizados, houve o resultado de derrota. Ainda, a ação de passe errado apresentou se maior nas derrotas em relação às vitórias (p = 0,001). Pode-se concluir que, após um longo período competitivo de nível estadual, as variáveis de aptidão física potência aeróbia e potência anaeróbia apresentaram relação com o desempenho técnico dos atletas em ambos os momentos da competição, mostrando a influência destas capacidades físicas no bom desempenho durante as partidas de futsal. Ainda, as ações técnicas de passe errado e bola perdida podem influenciar no resultado do jogo. Com base nos resultados encontrados, membros das comissões técnicas de equipes de nível estadual podem prescrever treinamentos direcionados para capacidades físicas mais associadas ao jogo e para as principais ações técnicas relacionadas ao resultado do jogo.

Endereço: http://guaiaca.ufpel.edu.br/handle/prefix/3745

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.