Associação Entre Atividade Física, Aptidão Cardiorrespiratória e Biomarcadores Inflamatórios em Adultos Jovens Aparentemente Saudáveis

Por: Carlos Marcelo Cuello Moreno, Daniel D Bertoldi, Helena S. Thurow, Leony M Galliano, Marcelo Mendonça, Martin Larangeira, , e Renata Moraes Bielemann.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.18 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A inflamação sistêmica crônica de baixa intensidade está relacionada com maior risco de doen- ças cardiovasculares. Estudos sugerem que a proteína C-reativa, um dos principais biomarcado- res inflamatórios, pode estar inversamente relacionada com a prática de atividade física e com a aptidão física. O objetivo deste estudo transversal foi determinar as associações entre os níveis de atividade física e a aptidão cardiorrespiratória, com biomarcadores inflamatórios em homens adultos jovens (18-30 anos) aparentemente saudáveis (N=85). As amostras foram analisadas pelo método ELISA (Enzyme-Linked Immuno Sorbent Assay), usando kits de alta sensibilidade para proteína C-reativa, interleucina 6, interleucina 1β e TNF-α. A prática de atividade física foi mensurada por questionário e acelerometria. O consumo máximo de oxigênio (VO2max) foi estimado por teste incremental em cicloergômetro. Na análise bruta, a média das concentrações de proteína C-reativa da amostra foi de 1,59±1,16 mg/L, e esteve significativamente correlacio- nada com o VO2max (r=-0,32; p=0,03), mas não com atividade física medida por acelerometria ou questionário. O índice de massa corporal (IMC) e a circunferência abdominal apresentaram correlação significativa com a proteína C-reativa (r=0,37; p<0,001 e r=0,41; p<0,001, respecti- vamente). Quando incluímos no modelo o IMC e a circunferência da cintura, a aptidão física perdeu a significância. Não houve relação entre atividade física ou aptidão física com os demais marcadores inflamatórios. Conclui-se que nesse grupo de adultos jovens houve relação entre a proteína C-reativa e o VO2max, e que esta associação é explicada pelas modificações no perfil antropométrico decorrentes de altos níveis de aptidão cardiorrespiratória.

Endereço: http://www.sbafs.org.br/revista/artigos.php?id_revista=74

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.