Associação Entre Comportamento Não Saudável e Qualidade e Duração do Sono em Adolescentes

Por: Adair da Silva Lopes, Kelly Samara da Silva, Luana Peter Hoefelmann, Luciana Gatto de Azevedo Cabral, e .

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.17 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O sono inadequado tem sido associado com o comportamento não saudável na adolescência. Este estudo teve como objetivo estimar a prevalência de indicadores negativos do sono (percepção da má qualidade e duração insuficiente do sono) entre os alunos e identificar comportamentos não saudáveis associados a este resultado. Este estudo é parte de uma pesquisa de base escolar, transversal, realizada em 2011, em adolescentes do Estado de Santa Catarina, Brasil. Estudantes do ensino médio com idades entre 15 a 19 anos (n = 6.529) e matriculados em escolas públicas estaduais participaram do estudo. Os alunos responderam a um questionário sobre o número de horas dormidas (insuficiente: <8 h, suficiente: ≥ 8 h); qualidade do sono percebida (boa ou má); e variáveis comportamentais. Regressão logística multinomial foi realizada, utilizando os relatos de indicadores positivos do sono e relatos negativos de um ou dois indicadores do sono. Cerca de 30% dos adolescentes relataram uma percepção negativa do sono, indicando má qualidade e duração insuficiente. O uso de computadores / videogames (≥ 4 h/d) e consumo excessivo de bebidas alcoólicas, salgadinhos ou doces foram associados a indicadores negativos do sono. Um elevado número de jovens apresentou um ou dois indicadores negativos do sono, e verificou-se uma associação entre estes indicadores e uma série de comportamentos não saudáveis. 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2015v17n3p318

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.