Associação Entre Diferentes Proposições de Pontos de Corte Para Sobrepeso/obesidade e Pressão Arterial Elevada em Idosas

Por: Diego Augusto Santos Silva.

Revista da Educação Física - UEM - v.20 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se verificar a prevalência de pressão arterial (PA) elevada, sobrepeso e obesidade em idosas, analisando a associação de diferentes pontos de corte de IMC com PA elevada. Coletaram-se dados de PA, massa corporal e estatura em 108 mulheres de 60 a 88 anos de idade. Os pontos de corte para IMC foram: OMS (1998), NSI (1992) e Troiano et al. (1996). A PA elevada atingiu 53% da amostra e o excesso de peso variou de 38 a 60,2% entre os pontos referenciados. Idosas classificadas com sobrepeso pela NSI (1992) apresentaram maiores chances de PA elevada que as eutróficas (OR=2,95; 95%IC:1,13-7,72). Para obesidade, os valores da OMS (1998) identificaram maior risco (OR=3,63; 95%IC: 1,30-10,15). Conclui-se que a prevalência de PA elevada preocupa e os pontos de corte que detectaram maiores chances da amostra apresentar PA elevada foi o da NSI (1992) e da OMS (1998) para sobrepeso e obesidade, respectivamente.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/6212/4881

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.