Associação Entre Estado Nutricional e Pressão Arterial em Escolares

Por: Rômulo Araújo Fernandes.

Motriz - v.15 - n.4 - 2009

Send to Kindle


O objetivo desse estudo foi analisar a associação entre estado nutricional e pressão arterial em alunos de uma escola da rede privada de ensino. Participaram do estudo 316 jovens de ambos os sexos com idade compreendida entre 11 e 15 anos. Foram aferidos valores de massa corporal, estatura, pressão arterial sistólica e diastólica. A análise estatística foi composta de valores medianos, intervalo interquartil, teste Qui-quadrado e regressão de Poisson. A prevalência de excesso de peso corporal e de pressão arterial elevada foi significantemente superior nos rapazes (38 e 24%, respectivamente) quando comparados às moças (19,3 e 14,4%, respectivamente). Escolares com excesso de peso corporal apresentaram duas vezes mais chances de serem portadores de valores elevados de pressão arterial. Conclui-se que o excesso de peso corporal parece ser associado com a presença de valores pressóricos elevados em adolescentes.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/2619/2567

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.