Associação Entre Força e Aptidão Cardiorrespiratória é Mais Forte em Septuagenários

Por: , André Fonteles, Cheng Chao, Daniel Machado, , Hassan Mohamed Elsangedy, Luiz Farias-junior, Luiz Nascimento-neto, Paulo de Tarso Veras Farinati e Pedro Agrícola.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.21 - n.4 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O propósito deste estudo foi analisar a associação entre força muscular e aptidão cardiorrespiratória em diferentes grupos etários. Duzentos e trinta e seis participantes (75 homens e 161 mulheres) de 40 a 84 anos foram divididos em quatro grupos etários: 40-49, 50-59, 60-69, ≥ 70 anos. A força muscular foi avaliada pelo teste de força de preensão manual (FPM), enquanto a aptidão cardiorrespiratória foi estimada pela distância percorrida no teste de caminhada de 6-min. Uma correlação positiva e significante foi encontrada entre a FPM e distância percorrida no teste de caminhada de 6-min somente no grupo ≥ 70 anos (r = 0,51; P = 0,01). Quando combinados em um modelo de regressão múltipla, a FPM (P = 0,01) e o gênero (P = 0,36) explicaram 47,4% da variância na distância percorrida no teste de caminhada de 6-min no grupo ≥ 70 anos. Os resultados sugerem que a força muscular parece ser um importante determinante da aptidão cardiorrespiratória em indivíduos ≥ 70 anos, independente do gênero.

Endereço: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/RBAFS/article/view/6197

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.