Associação Entre Limiares Ventilatórios e Percepções do Esforço

Por: Cristine Sponchiado Deresz, Glauber S F Silva e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.14 - n.2 - 2006

Send to Kindle


Resumo

O método ventilatório pode ser usado na identificação indireta do limiar anaeróbio (Lan). São identificados dois pontos correspondentes aos limiares ventilatórios (LVs), denominados LV1 e LV2. Os objetivos desse trabalho foram: estudar a associação entre o LV1 e a percepção do esforço (PE), utilizando a escala de Borg, e testar hipótese que também existe associação entre o LV2 e a PE. Foram estudados 20 indivíduos (16 homens e 4 mulheres) com 24,8 ± 7 anos de idade, IMC 23,4 ± 2,3 Kg/m 2 e VO2 máx 2,34 ± 2,3 l/min, que realizaram teste máximo em cicloergômetro com progressão de 20 w/min até a exaustão. A identificação dos LVs foi realizada por inspeção visual dos gráficos dos equivalentes ventilatórios do VO2 e VCO2 pelo % da carga máxima. No tratamento, utilizaram-se a análise de regressão e teste “t” de Student (p< 0,05) para dados pareados. O LV1 ocorreu no nível 15 ± 1 da Escala de Borg e em 65,5 ± 6 % da carga máxima. Usando o nível 15, estimou-se o LV1 em 64,8 ± 6 % da carga máxima. O LV2 ocorreu no nível 18 ± 1,2 da Escala de Borg e em 83,9 ± 5 % da carga máxima. Usando o nível 18, estimou-se o LV2 em 84,8 ± 5 % da carga máxima. Para os dois limiares, não houve diferença significativa entre os valores observados e estimados (p< 0,05). Podemos concluir que o percentual da carga máxima nos LVs está associado à PE de 15 e 18 da Escala de Borg.
 

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/690/695

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.