Associação Entre Sobrepeso e Hipertensão Arterial em Crianças e Adolescentes

Por: Cláudio Sagrilo Júnior, Diogo Bezzi Jaeger, Germano Ramos dos Reis e Osvaldo Donizete Siqueira.

Cinergis - v.17 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: verificar possíveis associações entre a hipertensão arterial e sobrepeso em crianças e adolescentes. Método: estudo caracterizado como descritivo e associativo com análise de corte transversal. Foram avaliados um total de 321 crianças e adolescentes, sendo 172 do sexo masculino e 149 do sexo feminino, com idades entre 9 e 15 anos. Foram avaliadas a estatura e a massa corporal a fim de se calcular o índice de massa corporal, além da pressão arterial. Para a análise dos dados foram utilizados valores absolutos e em percentual. Nas análises inferenciais foi utilizado o teste do Qui-quadrado. Todas as análises foram realizadas no programa estatístico SPSS, versão 20.0, sendo que o nível de significância estipulado foi de 5%. Resultados: quanto à pressão arterial, 14% dos meninos e 10% das meninas apresentaram hipertensão. Quanto ao IMC, 23,3% dos meninos e 17,4% das meninas foram classificados como estando na zona de risco à saúde. Quando relacionadas à classificação da pressão arterial com a classificação do IMC, foi identificada associação estatisticamente significativa entre hipertensão e presença na zona de risco à saúde em IMC, bem como pressão arterial considerada normal e presença na zona saudável de IMC (p=0,003; Residual Padronizado Ajustado = 3,0). Considerações finais: o sobrepeso e a propensão ao desenvolvimento de HAS (Hipertensão arterial sistêmica) estão significantemente relacionados.

Endereço: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/7575

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.