Associação Entre Tempo de Reação e de Movimento em Jogadores de Futsal

Por: Cláudio Manoel Ferreira Leite, e Mauro Heleno Chagas.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.19 - n.4 - 2005

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi verificar a associação entre tempo de reação (TR) simples e o tempo de movimento (TM) em jogadores de futsal jovens (13,8 ± 0,5 anos, n = 16). O TR simples foi medido no aparelho Multipsy 821, pressionando com o dedo indicador uma tecla em resposta a um sinal luminoso. O TM, giro do corpo para direita ou esquerda, foi mensurado por meio de um sistema composto por um tapete de contato, fixado ao solo, e dois pares de fotocélulas. O início e o final do movimento foram registrados pela perda de contato do pé do atleta com o tapete de contato e quando o atleta ultrapassava um par de fotocélulas duplas, respectivamente. A distância entre o tapete de contato e o primeiro par de fotocélulas foi de 1,45 m. A análise estatística não indicou correlação significativa entre as duas variáveis. Uma possível explicação para os resultados está relacionada com a estrutura dos testes utilizados e a mensuração do TR e TM em ações motoras distintas. Pode-se concluir, que o desempenho do TR simples não deve ser associado à potencialidade do atleta em realizar movimentos rápidos de giro. UNITERMOS: Tempo de reação simples; Tempo de movimento; Futsal; movimento de giro.

Endereço: http://www.usp.br/eef/rbefe/v19n42005/v19n4p269.pdf

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.