Associação da Maturação Sexual com Excesso de Peso e Adiposidade Corporal em Escolares de 8 a 14 Anos de Florianópolis/SC

Por: Jucemar Benedet.

2014 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar a associação da maturação sexual com o excesso de peso e a adiposidade corporal em escolares de oito a quatorze anos de idade , de Florianópolis, SC .
Trata-se de um levantamento de abrangência municipal, de base escolar, vinculado ao projeto “Estado nutricional de escolares de sete a quatorze anos de idade do município de Florianópolis: evolução da composição corporal, tendência e prevalência de sobrepeso, obesidade e baixo peso”, realizado em 2007. A amostra foi selecionada de forma aleatória, estratificada por região geográfica, natureza de propriedade da escola (pública e privada) e proporcional ao tamanho do estrato. O processo amostral resultou na participação de 2. 335 escolares de oito a quatorze anos
de idade (1107 do sexo masculino, 47, 4%). Na análise estatística,a variável independente (maturação sexual) fo i analisada em relação ao excesso de peso, excesso de adiposidade corporal, excesso de circunferência da cintura e pela razão cintura/estatura, segundo o modelo univariado e múltiplo de regressão de Poisson, adotando variância robusta e estratégia stepwise forward
para entrada no modelo múltiplo. Em relação ao sexo feminino, tendo como referência a maturação sexual normal, os resultados evidenciaram que as escolares com maturação sexual precoce apresentaram maior prevalência de excesso de peso, com valor ajustado de razão de prevalência (IC95%) igual a 1,69 (1,20; 2,40); as escolares com maturação sexual tardia apresentaram menor prevalência de excesso de peso, com razão de prevalência (IC95%) igual a 0,57 (0,37; 0,88). Nos escolares do sexo masculino, não foi encontrada associação entre a classificação de maturação sexual e o excesso de peso corporal (p= 0,900 e p=0,091), comparando maturação sexual precoce e tardia com maturação sexual normal, respectivamente. Relativamente à gordura corporal total e periférica , observou-se uma tendência de aumento destes indicadores com a precocidade de idade nos estágios de maturação sexual (p de tendência < 0,001 para todas as variáveis analisadas) entre es colares do sexo feminino. No modelo ajustado , não foram observadas diferenças estatisticamente significantes para as variáveis de gordura corporal e classificação de maturação sexual em ambos os sexos. Quando analisados os indicadores de adiposidade central,os escolares do sexo masculino não apresentaram diferenças estatisticamente significantes para classificação de maturação sexual. As escolares classificadas com maturação sexual precoce apresentaram exc esso de razãontre a maturação sexual, o excesso de peso e a adiposidade corporal. Essas informações são importantes,tendo em vista a relação da adiposidade corporal com a saúde na infância e vida adulta, principalmente no sentido de utilizar os estágios de maturação sexual no monitoramento e diagnóstico nutricional , durante a puberdade.
 

Endereço: http://ppgef.ufsc.br/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.